topbella

sábado, 8 de março de 2008

Medo de escuro


Tive medo do escuro
E este me enclausurou
E eu fiquei, deixei-me levar
Também por medo de agir
Tive medo do escuro
E este, por vezes me sufocou
Calou minhas falas
Cessou o meu canto
Tive medo do escuro
E este facilmente me enganou.
E eu acreditei em tanta loucura
Confundi emoções com sentimentos
Orgulho com amor.
Tive medo do escuro
E este, roubou minha alma
E eu quis um dia deixar de viver.
Tive medo do escuro, muito medo.
Mas um dia, de repente, o sol chegou.
Suave, aqueceu-me aos poucos
E foi me libertando...
Senti seu brilho em meu rosto
E de repente, me surpreendi cantarolando
Músicas já sentidas e esquecidas
Minha sanidade acabara de chegar.
Com o passar dos dias
A luminosidade fortaleceu-me
E o meu sangue já congelado
Começou a dar sinais vitais
Minha alma acordou de um sono profundo
A escuridão está se dissipando
Um mormaço me instiga a fazer planos para o verão
E eu... Hoje eu brindo a vida.

8 comentários:

São disse...

Minha querida, deixe que brinde à vida consigo, que é ainda tão jovem!
Felicidades.

Suave Toque disse...

Olá menina!
Fiquei muito feliz com sua visita, realmente esteve sumida. Mas dizem que o bom filho a casa retorna.
Fico mais feliz ainda por ver que a fase escura esteja passando dando novamente a você a vontade de brindar a vida. Desejo que o mormaço que está se formando em você seja de muito, muito calor e luz.
Volte sempre, esperarei você lá no meu cantinho.
Um grande beijo
Elcia Belluci

Liz / Falando de tudo! disse...

Medo é o que nos limita muitas vezs e nos tira a liberdade!
Gostei de ter voltado aqui de novo!
Agora tô divulgando mais um cantinho cantinho que resolvi fazer so com fotos. Deixo o convite, se quiser apareça por la:
www.falandodefotos.blogspot.com
Um Abraço!

O Árabe disse...

Medo... o maior dos nossos entraves. Mas em nós está a força para superá-lo. :)

Adrielly Soares disse...

Precisando do sol,
mas sabe o que éh ? Aqui na minha terra é noite constante. Às vezes noites de Segunda, em que a gente se tranca no quarto pra não ver ninguém. Às vezes noite de Sábado, em que só há festa, amigos e companhia.
Nem sempre se precisa do sol.
Só de um pouco de companhia.
;* querida.

Suave Toque disse...

Voltei pra te reler menina.

As vezes acho que a vida não tem graça,
Que tudo é requentado,
Que só mudam os rostos e gostos...
Más quando conheço novas pessoas,
Novos risos, novas esperanças,
Reencontro outras,
Amores inevitáveis, inesquecíveis...
Novos abraços, outros sonhos...
Percebo que tudo pode ser diferente.
Curvamos linhas que poderiam ser retas,
Juntamos outras que seriam separadas,
Terminamos algumas que continuariam.
No fundo somos anjos alados,
Saltando entre as linhas do destino,
Alterando o equilíbrio,
E redefinindo a razão...
Criadores de novos e desconhecidos futuros,
Eterna fonte das emoções.

Um feliz e alegre final de semana.
Beijos de carinho

Elcia Belluci

O Árabe disse...

Boa semana, Celly!

Mary West disse...

Ahh adorey seu blog tb. Visitarei sempre p/ ler palavras tão belas e sinceras. ;)

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo