topbella

domingo, 18 de maio de 2008

Antes da morte


Recebi esse desafio e acho que ele veio mesmo a calhar. Fiz aniversário a poucos dias e esse balanço chegou na hora exata.

Bem, antes disso, é necessário dizer que não sou fã de fazer aniversário, assim como não gosto de natal. Fico triste, sei lá...

Também é necessário dizer que to me sentido arrasada, sozinha, excluída... então não prometo um post gostoso de ler... mas prometo um post sincero, cru, real.

Voltemos ao meme... listar 8 coisas que gostaria de fazer antes de morrer. Não disse que esse post tinha tudo de mim? rs

Ok, vamos lá

[...]

Ai... não consigo.

Não quero nada, não espero nada, não sonho nada.

Aliás... quero sim... antes de morrer quero tomar um porre de vinho para comemorar minha cura. Pronto... curada e bêbada, quer melhor?

Só...

E que verdade seja dita, egoísmo ou não, loucura ou não, morre não é tão mal assim quando não se tem mais vida.


Até

sexta-feira, 9 de maio de 2008

Intuição de aniversário.


Sou uma pessoa intuitiva, eu sei. Mas não reconheço uma intuição... sempre penso que "é coisa da minha cabeça" ou que estou com pressentimento bom. Nada. Sou intuitiva e só vejo o quanto o sou quando as coisas acontecem, quando não há mais tempo para o preparo do espírito.

Mesmo prestes a completar 22 anos de intuições, esse número não foi o bastante pra me fazer acreditar em mim no lugar de dar ouvidos a opiniões alheias. Talvez eu tenha o dom de diminuir o impacto da queda, mas mesmo assim ainda escolho a cair com tudo, com corpo, alma e coração. Sempre soube que ainda não sei mergulhar, mas insisto em fazê-lo e pra me afogar minutos mais tarde...

E mesmo com cada comprovação da nebulosidade pressentida ainda me vejo em situações rosadas e romaceadas que só perdem o visso depois de alcançar um ponto que não se permite mais voltar. E eu caio. Mergulho e me afogo. Respiro e me sufoco.

Que o 14 de maio que se aproxima não me traga apenas mais um número...Quero maturidade e sabedoria para lidar com tais intuições...Quero vida, encontro. E de quebra, quem sabe algum vestígio dessa impalpavél e tão procurada felicidade.


segunda-feira, 5 de maio de 2008

Hipóteses

Não sei bem o que acontece... existem inúmeras hipóteses que explicariam minha realidade...
As vezes vejo-me envolta por uma cápsula protetora que além de me distanciar de problemas, me distancia de possíveis soluções... Uma cápsula que segura a minha fala na hora que preciso falar, que segura minhas pernas na hora que eu preciso caminhar...
As vezes acho que tenho sexto sentido e prevejo de longe um futuro sofrimento.... mas vez ou outra acho que o tal sexto sentido era apenas medo.
Existe também a oscilação de visão que meus olhos me proporcionam... onde eu vejo beleza e pureza segundos depois vejo tempo perdido, sentimentos jogados fora.
Existe o descontrole auditivo que me faz ouvir as mesmas frases de modos tão diferentes...
O que acontece afinal?
Caso ou romance? Pele ou alma? Vermelho ou rosa? Sinos ou gemidos?
Perguntas que me invadem, me enlouquecem
Perguntas essas que eu jamais terei coragem pra fazer...

Ps: Quando eu souber exatamente o que acontece, ou pelo menos acreditar mais numa dessas hipóteses eu conto de domingo... rs



About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo