topbella

quinta-feira, 23 de junho de 2011

Minha própria solidão



Há quem fuja da solidão e busque refugio em outras pessoas, outras cidades, outras vidas. Eu faço parte do grupo que se sente acolhida por ela e não muito raro vou bater em sua porta para " matar as saudades". Por mais  estranho que possa parecer, é exatamente assim que me sinto: acolhida em meio aos meus próprios pensamentos e emoções, ouvindo só a mim mesma como conselheira.
Na maioria das vezes, embora nem todos os amigos consigam entender ou simplesmente respeitar esse meu momento, é essa solidão que me fortalece. Já não sei dizer quantas vezes precisei explicar que não havia problema algum, que eu não estava chateada com ninguém ou que eu não queria conversar com ninguém, sendo essa última fala causadora de muitos desentendimentos. E apesar de tudo isso, não consigo viver sem esses meus momentos de solidão.
Acredito mesmo que todos deveriam se dar ao luxo da solidão vez ou outra. Se dar ao luxo da própria companhia, de ouvir a voz da alma e de se perceber como elemento principal da própria existência. 
Nem sempre minha solidão é tão lírica ou tão centrada, há vezes também em que eu passo esses momentos assistindo a algum filme superficial que me faça rir ou me deliciando, sozinha, com pratos não tão saudáveis mais extremamente apetitosos. 
Independente de como acontece eu não saberia deixar essa prática de lado. Independente do quanto isso magoe algumas pessoas, o fato de eu não querer a sua companhia naquele momento não invalida qualquer sentimento. A minha solidão é apenas a parada de uma longa viagem numa rodovia movimentada. E o melhor de tudo é que eu sempre volto, recuperada e com um humor bem mais leve como souvenir.
No final, sempre vale a pena! 

8 comentários:

@Francisquices disse...

Eu acabei de ler e de da rt no twitter: "Solidão é quando você descobre que a única pessoa que conhece a sua alma já não está mais aqui." #paraFrancisco

Eu também as vezes me sinto assim, porem tem algumas pessoas que eu consigo ficar bem, fico de boa. Converso, brinco. Mas tem hora que eu prefiro ficar comigo mesmo.

Anne disse...

Eu super concordo com vc. E também preciso de momentos sozinha comigo mesma. Pra refletir, pra ficar quieta, pra ficar apenas só...

Não faz mal! rsrs

Beijos flor, ótimo fds!

O Árabe disse...

Assim é, MáH: a solidão é um atalho para o nosso verdadeiro Eu. :) Gostei do texto, boa semana!

Rômulo disse...

É ótimo fazer o que você faz
eu sempre fui assim e agora que estou aprendendo a meditação isso se tornou mais frequente ainda na minha vida

adorei o blog ,vc fala com a alma
=]

http://algopoetico.blogspot.com/

Sheila Lima disse...

Oi!!!
Estava olhando uns blogs e felizmente achei o seu, e vi que é incrível!!!

Te convido a dar uma olhadinha no meu blog: http://docesonhodemenina.blogspot.com/

Ah, como eu amei seu blog, tenho um selinho para você: http://1.bp.blogspot.com/-68Bb05pFul4/Te1BfsqvBeI/AAAAAAAAATM/JPCRr0Mj7R0/s1600/dsm-selinho.jpg

Mil Sweetkisses!!!

Paulão Fardadão Cheio de Bala disse...

Tem gente segura, tem gente insegura, tem gente covarde, tem gente corajosa, tem gente carente, tem gente... ah... ...abundante???

Victor Pagani disse...

Boa noite, Máh

Vim retribuir a visita e desejar uma ótima sexta-feira!
Não se esqueça de voltar ao meu blog, você será sempre bem-vindo :-)

Abraços
Victor Pagani

Verônica Ferreira disse...

Pois é, blogs xarás. Como o meu é mais recente, juro que não copiei o nome do teu. rsrsrs
Gostei da forma como escreves.

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo