topbella

segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Protagonista


Nunca fui uma das pessoas mais exigentes do mundo. Sempre aceitei o papel de coadjuvante sem reclamar, feliz por pelo menos ter um lugar para ocupar. 
Depois dos meus 15 anos, nunca me senti a amiga número 1 de alguém, talvez por nunca ter realmente sido considerado uma. Pouco depois fui deixando der ser a grande paixão, o grande amor...
Não sou figurinha certa no álbum de fotografia de ninguém, não recebo o primeiro pedaço de bolo, não sou a primeira a ser convidada- as vezes até se esquecem. E mesmo assim as coisas acabavam fluindo bem.
O problema é que ando cansada. Cansada de ser lembrada nos momentos em que é preciso desabafar. Cansada de ser convidada quando ninguém mais aceita o convite.  Cansada da vida de suplente, esperando um imprevisto para ocupar o lugar. Cansada das sobras, dos bastidores e da menção honrosa.
Mais do que nunca é hora de assumir o papel principal... Então que seja eu mesma a me dar o primeiro lugar. E se todo aquele papo de que é necessário se amar primeiro e " blá blá blá" não for verdadeiro, pelo menos eu terei sentido o gostinho de ser a protagonista de uma história de amor sem medidas; Por que é sem medidas que eu vou me amar.
E que assim seja.

4 comentários:

@Francisquices disse...

Compartilho do mesmo.

E temos só essa vida, temos só hoje... E que aproveitemos o melhor que podemos ser e que sejamos sempre os protagonista de nós mesmo.


Ha, sei que o meu nive é próximo vai ser ano. rsrs, mas está convidada? Olha que é a primeira pessoa que ta sendo convidada... :)


rsrs


Abraços,

Sabor Baunilha disse...

Não coadjuvante, mas sempre me senti um pouco apagada. Talvez seja do meu caráter introvertido, nunca fui aquela pessoa popular, aquela que está rodeada de pessoas, enfim. Mas acho que muito disso é superficial, sabia? Tenho poucos amigos, porém bons, importantes e não os troco por nada. Às vezes queria ser diferente, mas acho difícil mudar a essência de alguém.
Não se sinta assim, você parece ser uma menina adorável, adoraria ter você como amiga, por exemplo.
E eu penso que pessoas como você, eu... somos pessoas especiais. Como diria Nelson Rodrigues: "A unanimidade é burra". hahahaha

Beijos
;*

Natália disse...

Me encontro numa situação parecida. Eu mesma me afasto das pessoas que me querem bem.

Feliz eu fico quando me ligam, dizem que sente a minha falta. Faz eu me sentir tão importante.

Espero que tudo dê certo para você agora nesse novo papel, o de protagonista. Seja feliz e dane-se o resto :)

O Árabe disse...

É assim mesmo, que precisamos nos amar. Até para que possamos amar mais alguém. :) Boa semana!

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo