topbella

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

Na estrada



Se fecho os olhos e imagino uma estrada
eu consigo sentir uma brisa no rosto
consigo ver o amarelo das folhas no chão.
Na estrada da vida
hoje sou apenas eu, sem dar nada de mim.
Meus passos são largos, pesados...
Carrego nas costas histórias vividas , sonhadas
Carrego na alma marcas das dores passadas, curadas.
E assim caminho.
Não existem mais borboletas...
Não há sinal nenhum de tempestade.
Hoje, na estrada da vida
só me resta seguir a jornada.
Focar no horizonte e sem olhar pra trás
seguir adiante...
Até avistar uma nova estação... uma nova parada.
E lá vou eu...



__________________________________________________________________



Selinhooo00000ooooO


Ganhei o selo do " Blog do Chico" (http://blog-chico.blogspot.com/) e nem preciso dizer que adorei né... rsrrss


Bem, existe toda uma regra pra re passar os selos e tal... mas não vou cumprir... rsrsrrss
Não hoje, não desta vez. Desta vez, o selo fica comigo...
Obrigadaaaaa Chico, de verdade! E desculpa a quebra do protocolo.... mas, dessa vez, vai ser assim... rs

Bjo00ooo gigante pra ti.

10 comentários:

Chico disse...

1º.'Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk'... Sem probelmas, quase que não fazia as regras também... Mas fiquei curioso em saber como seria minha caricatura tocando violão. E você não é a única, a SÃO também não vai colocar as regras e nem indicar, mas mesmo assim ela, e eu falei que era dela. Era um presente meu pra ela, agora ela que escolhe o que fazer.


2º. Adoro seu blog mesmo, cada vez que venho aqui fico admirado. Você escreve super bem, quem dera eu ter esse dom.

'Se fecho os olhos e imagino uma estrada'... Eu fechei os olhos e vi uma certa estrada na minha frente, um pouco longo, com pouco de aventura, alegria. E gostei hehe...

Abraços com músicas e poemas.

Juliano disse...

Ótimo post! Linda poesia. Eu adoro elas porque me identifico bastante. Adoro fazer também... alivia as tensões.

E parabéns pelo selo!

O Profeta disse...

A terra dorme em sobressalto
Um grito brota da alma
Danço com esta bruma de Inverno
Rodopia em meu peito uma estranha calma

Águas despertas, Mar bravio
Cai sobre mim um nevoeiro perverso
Uma onda estende seu manto de espuma
Açoita as pedras adiando o regresso


Boa semana


Mágico beijo

✰тєcα✰ disse...

Oi Mah, tudo bem?
Eu assiti o filme "Escritores da liberdade" que você me indicou no blog lindo amei de paixão quando tu eive outra dica aparece lá no blog e me conta tá?Beijão!

Nataliinha disse...

Eu ganhei e tb fiquei curiosa po, qr saber da minha caricatura.

Paraabens pelos seloos.
Bjs

Thiago Pacheco disse...

Olá! Faz um certo tempo que não apareço por aqui. Tava resolvendo algumas coisas, na verdade ainda estou. Estudando pra sair de casa!
kkkkkkk

Como está a senhorita? Tudo em ordem?
Espero que sim.
=)

Em relação ao post. Só posso dizer que foi um dos melhores que já li por aqui e concerteza um dos melhores que já puder ler na "blogosfera". Me identifiquei em muitas partes e essa sensação é muito boa.

Prometo que voltarei mais vezes. Tava devendo isso.

Um beijão minha linda!
Se cuida!

=)

♥M@cellY♥ disse...

Sem pc em casa.. e trabalhando muitooo com essa volta as aulas..
assim que der, eu volto
Bjo0o

São disse...

Parabéns pelo prémio.
E gostei do poema lá de cima.
Beijinho.

Chico disse...

Ei tem selo pra você no meu blog, passa lá quando voltar!

Abraços.

Mary West disse...

Um post atemporal e para todos. Adorey. Belas palavras.

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo