topbella

segunda-feira, 5 de outubro de 2009

Primavera






Um dia eu, com você, derrubei todas as cercas

e deixei meu coração livre para ser germinado
Um dia eu desliguei o som confuso de terceiros

e deixei que nossa música fosse criada.

Um dia eu esperei ansiosa pelo abraço guardado...

Hoje é fácil dizer que depois desse tempo

meu coração bate em primavera.

Hoje somos uma suave sinfonia,

até mesmo quando novos músicos tentam fazer parte dela.

Hoje o abraço é refúgio, proteção

e se ainda está guardado está exatamente como me sinto,

guardada sob seus braços.
( Ricks, pra vc!)

11 comentários:

★тєcα★ disse...

Ah que poema mais lindo Mah adoro quando tu posta, tem sempre algo bonito para dividir...beijos linda!

O Árabe disse...

Bonito, sim. Como o amor e a primavera. :) Boa semana!

O Profeta disse...

O amor procura o aconchego
Duas almas suspiram em entrega total
Explode a paixão, enlouquece o querer
O amar às vezes é pecado mortal...

...Às vezes uma intensa alucinação
Em que viajas pelo meu eu
Às vezes o mundo fica em espera
Da união do mar com o céu


Doce beijo

Chico disse...

Muito lindooo, parabéns!


O amor em suas palavras fica muito lindo.



Abraços.

Romerson disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Romerson disse...

Que poema bacana, palavras que nos tocam...Curti o blog, visitarei sempre...bjao mah!!

São disse...

Um texto muito suave, muito lindo...

Feliz Primavera para si, meu bem.

Silvano Moreira disse...

Olha que saudade!! Qto tempo eu não passava por aqui...
Gostei desse poema! Aprendendo a viver em função de dois sem deixar que outros interfiram, excelente!!

O Árabe disse...

Boa semana; aguardo o novo post. :)

Samira disse...

Muito bem escrito! Acho que o amor, depois de um tempo, passa a ser isso mesmo, uma sinFonia de tanta sinTonia...

Mustafa Şenalp disse...

Çok GÜzel Site :)

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo