topbella

terça-feira, 3 de agosto de 2010

Lembranças




Lembrei dele.  Talvez pelos dias de agosto e de seu aniversário que se aproxima ou talvez pelo tempo frio e chuvoso. Não sei bem o motivo, mas sei que lembrei dele.


Lembrei do medo que eu sentia em esquecer a sua voz e o conforto que ainda sinto em saber que não esqueci. Passeei por alguns cenários familiares que se eternizaram na memória e me indaguei sobre como ele estaria. Será que já terminou a faculdade? Como será que tem vivido... será que tem vivido?
Hoje lembrei dele. Inevitavelmente, lembrei de mim. Lembrei dos meus cabelos castanhos no ombro e da insegurança nos olhos. Olhos vermelhos que mesmo em lágrimas viram ele partir.
Lembrei da ansiedade pelo fim de um sofrimento, das forças que me pareciam tão mínimas e de como eu me achava que tudo seria eterno e de que se fosse assim, eu seria incapaz de resistir.
Algum tempo já se passou, o sentimento mudou e eu resisti. Hoje somos estranhos com um passado em comum, com uma história vivida e divida, mas uma história que já passou. 
E que mesmo assim, depois do ponto final ainda vive, bem aqui nas minhas lembranças. E por viver me fez encontrá-lo e observá-lo em tons de cinza como os de quem relembra uma cena de filme. Um filme que terminou, mas nem por isso deixou de ter existido na sala de cinema, no dvd do quarto, na memória de quem assistiu...
Talvez por isso, hoje eu tenha lembrado dele.

  

10 comentários:

Lórah Claus disse...

Oun amoraaa....
mas agora venho lhe trazer outra coisa pra lembrar... Um coisa terminou.. mas outra muito colher começou não é mesmo???!!!!!

Lembrar é bom, pq faz vc lembrar que superou, como irá superar tudo..
bjuxxx

Amooooooooo

Amanda disse...

Olha, não deixe que o passado te desanime! Lembre dele como um aprendizado! Assim que nós crescemos na vida!!

jrol disse...

Eu poderia dizer que você tem ótimos textos, mas eu enxergo em você, além de uma habilidade incrivel de se expressar, uma mulher que nunca deixou de ser menina.
Eu nunca mais achei que veria mulheres assim, que em meio ao tempos contemporâneos tivesse um jeito tão meigo e carinhoso. Adoro seu blog. Beijos e espero por mais textos.

Ariana disse...

Ai ai lembranças , quando a gente menos espera elas vem a tona!
Lindo texto!


bjos

O Árabe disse...

Assim é, MáH. Um amor é um filme que nunca termina completamente.... :) Bom resto de semana!

Anônimo disse...

Eu te amo...amo suas palavras, amo você.

Claudio Lima disse...

Uma música... depois passa!!!
Eu amei, e amei ai de mim muito mais do que devia amar
E chorei ao sentir que iria sofrer, e me desesperar
Foi então, que da minha infinita tristeza aconteceu você
Encontrei em você a razão de viver e de amar em paz
E não sofrer mais, nunca mais
Porque o amor, é a coisa mais triste, quando se desfaz

♥MáH♥ disse...

Música lindaaa, do Tom.
*.*

Chico disse...

Ha, as vezes eu gosto de lembranças... E essas eu vou guarda... Aprendemos.


:D

Nana Piacente disse...

Vc que fez mesmo o texto?? Uau!! Muito lindo...

acho que não precisamos de um motivo para lembrar né, lembranças são mto boas e não dá pra evitar...

beijos... :)

About Me

Minha foto
♥MáH♥
Alguém aprendendo a lidar com emoções, sentimentos...alguém aprendendo a viver.
Visualizar meu perfil completo